As Férias MALDITA

Existem títulos que minimizam uma expressão exata ou até chega perto do que realmente significa. É inadmissível na primeira semana de aula receber notícias tão apavorantes como o suicídio de um adolescente e ser notificado de cartas de despedidas deixadas por um outro adolescente a mãe e aos amigos na escola.

BALEIA AZUL?
Para ser bem sincero não acredito no jogo, mas, acredito nos encorajamentos. O que as pessoas procuram é alguém que os apoie e os incentive, ainda que seja algo anormal, insistem e aspiram aquilo como benção até parecer normal.

As Férias Maldita!
A proposta do título desta coluna é pararmos para pensar um pouquinho. Se é nos primeiros dias de aula que tudo está se degringolando, o que houve durante as férias? Como deve ter sido o relacionamento familiar neste período?
As pessoas procuram fora de casa aquilo que não encontram dentro. A desestrutura familiar é a maior responsável por tudo isso, mas, as atitudes são as mais importantes, no entanto, a paciência deu lugar a impaciência, a tolerância deu lugar a intolerância, e assim sucessivamente. O dialogo deveria ser a única ou última possibilidade de alivio para uma alma perturbada, contudo, a individualidade faz com que as pessoas se tornem solitárias mesmo tendo muitas pessoas ao seu redor ou diante dos milhares de amigos virtuais.

Ora, o que realmente me intriga é o desamor. Como podemos achar ou até mesmo dizer que amamos ]se não correspondemos ao mínimo do que significa o amor? Cuidado, atenção, proteção, zelo, ensino, dialogo entre outros fazem parte integrante ou intensa do que é amar. Reciprocidade é o mínimo que se espera, mas, como esperar reciprocidade daquilo que não se dá?
Eu tenho batido na mesma tecla em todas as minhas colunas e chamando a atenção para os cuidados e atenção com a família e aos filhos. A gente acha que isso nunca acontecerá conosco. Resgatem os bons costumes, participe da vida dos filhos, ouçam músicas juntos, naveguem na internet juntos, joguem vídeo game juntos, coloque o tapete com estradinhas no chão e encha de carrinhos e brinquem juntos... a atenção e o amor que você investir fará toda a diferença. Porque quando não fazemos isso o traficante faz, o aliciador, a prostituição, a sedução pela fama, entre tantas outras coisas.


Cuide de sua família porque ela é o seu bem mais preciso. No fim, este é o seu legado. Uma vez que não levaremos nada desta vida podemos encaminhar nossa família em segurança para mais perto de Deus e das coisas boas desta vida, honestas, integras e esperançosas. Ame com atitude! Excelente dia e que seja muito abençoado!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CONHECENDO MELHOR A SÍNDROME DA ALIENAÇÃO PARENTAL

O QUE ACONTECE DENTRO DA ESCOLA? Seu filho está seguro?

Os filhos não precisam de Super-heróis, eles precisam de pais verdadeiros!