Escola, Família e Tecnologia

Muitas pessoas reclamam - Meu filho não sai do celular! Meu Filho não sai do vídeo game! Meu filho não sai do computador! No entanto, é certo que os nossos filhos não saem da frente da televisão, do tablete, do celular e do vídeo game porque nós não saímos da frente destas tecnologias!
Bom, este foi o tema abordado na palestra da Escola de Pais que ministrei esta semana e que pudemos aprender muito sobre o assunto. Se pararmos para pensar e refletir, qual a pessoa que uma vez em contato com a internet e a interatividade conseguiria ficar sem esta dose diária? Ao fazer a introdução da palestra, de cara, já propus um desafio... para saber quem conseguiria terminar a palestra sem dar aquela espiadinha no celular. Um desafio cruel para muitos de nós nos dias de hoje, hein... rsrs.

A tecnologia é algo incrível que aos poucos foi tornando a vida das pessoas mais fácil e muito mais confortável. Eu particularmente não lembro da roda quadrada, mas, lembro que desde que me conheço por gente teve uma evolução inegável. A tecnologia fez com que tivesse mudanças radicais no que se diz respeito à segurança. Lembro dos disquetes de computador na década de 90 onde para gravar uma música tínhamos que fracionar em 3 disquetes. Lembro dos primeiros celulares que custavam o equivalente a um apartamento. Entre tantas coisas que poderia aqui citar e comparar as facilidades que um microchip, o celular, a robótica e outros nos ajudou.

Em contrapartida, lembro de uma frase de Albert Einstein “Temo o dia em que a tecnologia ultrapasse a interação humana, e o mundo terá uma geração de idiotas”. Este dia parece estar tão perto, pois, o que foi feito para aproximar pessoas distantes está separando pessoas próximas. O relacionamento se transformou em virtualidade dentro do próprio lar e convívio. Precisamos rever nossos conceitos e nossos valores antes que seja tarde demais.

Alguém pode pensar neste momento – Que cara mais quadrado e antiquado. Que cara dramático. Enfim... não quero parecer o cara na contramão, mas, precisamos pensar em alguns pontos.
Como Conselheiro Tutelar o que mais recebo são família que enfrentam problemas de relacionamentos entre pais e filhos por falta de algo tão simples, o diálogo. Muitos pais ouvem os filhos pequenos chorando, ou quando querem conversar ou ter momentos de sossego, logo, enfiam um tablet ou um celular nas mãos das crianças para os manterem de boca fechada. Todos nós, hora ou outra fazemos isso consciente ou inconscientemente. O fato é que, aos poucos ensinamos as crianças a trocarem o lúdico pelo eletrônico e isso não podemos negar.

A mesa que era o nosso local sagrado de olhar nos olhos e saber como foi o dia do outro acabou sendo um adorno inutilizável nos lares de muitas famílias, em tempos em que cada um come em horários e locais diferentes. Ainda que, remanescentes ocupem suas mesas, outros tantos acabam levando eletrônicos para acompanhar suas refeições.

Na escola é que vemos as marcas destes efeitos. Muitas crianças desassistidas pela família. Muitas crianças e adolescentes na drogadição. Gravidez cada vez mais precoce. O índice de contaminação de DST em crescente. Entre muitas coisas que poderiam ser citadas. A escola para alguns se transformou em um deposito de crianças. E é aí que lamentavelmente encontramos muitas crianças e adolescentes sem respeito algum pelos professores ou cuidadores por conta de não ter bons valores e referenciais.
Por fim, meu apelo é que a partir de hoje quando voltarmos para os nossos lares possamos perceber que existem necessidades de se empregar valores. Que seus filhos possam gozar de sua presença. Que possam brincar de carrinho no tapete da sala. Que juntos possam concluir a lição de casa. Que possam olhar nos olhos e se entenderem. Que possam rir. Que possam dialogar. Pois, o melhor desta vida está em nossa própria família.

Sempre estamos ocupados demais enviando aquele ultimo email, enviando o ultimo post nas redes sociais enquanto nossos filhos gritam pai, pai, pai... Desconecte-se do virtual e viva a vida real.

CONECTE-SE AO QUE IMPORTA... A vida com ele é mais emocionante que qualquer série! Tem gente solicitando sua amizade dentro de casa! A criança quer a sua curtida, curta a vida dela como você curte a dos outros! O Tablet não abraça! A conversa em casa pode passar dos 140 caracteres! QUANDO VOCÊ LARGA O CELULAR É SEU FILHO QUEM VIBRA! Desejo uma semana abençoada para você!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CONHECENDO MELHOR A SÍNDROME DA ALIENAÇÃO PARENTAL

O QUE ACONTECE DENTRO DA ESCOLA? Seu filho está seguro?

Os filhos não precisam de Super-heróis, eles precisam de pais verdadeiros!