Uma questão de prioridade!

Tudo é uma questão de prioridade! Vejo muitas pessoas dizendo o tempo todo que não tiveram tempo para isto ou aquilo outro. Que não tiveram tempo de retornar uma ligação ou responder uma mensagem. Isto também acontece muito nos relacionamentos e principalmente com os filhos e família por conta do corre-corre no dia a dia.

Sempre temos a desculpa de que nos falta tempo para dar conta de tantas tarefas e que o dia poderia ter 36 horas, no entanto, tudo é uma questão de prioridade. Sempre damos tempo e priorizamos aquilo que mais nos interessa ou julgamos ser mais importante. Obviamente deixamos de lado algumas tantas que julgamos secundarias ou até sem importância.
Mas, o tempo se encarrega de nos mostrar os verdadeiros valores. Imagina que a maior parte de nós vivemos dizendo não ter tempo para uma horinha de exercícios físicos, contudo, pergunte para alguém que teve um enfarto e escapou da morte se a prioridade não será os cuidados pessoais com a saúde? Enfim, tudo é questão de prioridades.

A vida segue e muitas vezes nem percebemos o quanto estamos envolvidos em diversas coisas que as vezes nem tem importância. Fazemos isso para nos afugentar de tantos sentimentos que acabam nos envolvendo ou que criamos a expectativa de sermos prioridade e acabamos nos sentindo secundários.
Obviamente isso também acontece com as crianças e os adolescentes que esperam dos pais serem tratados como prioridades, mas infelizmente perdem para as milhares de tarefas diárias que pais e mães precisam executar. Dia após dia segue-se a rotina e quando percebemos o tempo vai se esvairindo de nossas mãos e damos conta de que demos prioridades ao que não importa e não priorizamos o que realmente importa. Podemos cometer o mais terrível dos erros se não priorizarmos a atenção, educação e amor aos filhos, lembrando que “amar” não é dar presentes, mas sim, se fazer presente.

Em meu gabinete no Conselho Tutelar quando penso que já vi de tudo sempre aparece algo que me surpreende. Existem milhares de problemas e entre eles os mais comuns como as drogas, a gravidez na adolescência, crianças de 8 anos se auto mutilando e procurando suicídio, crianças que foram abusadas e ou sofreram maus tratos por terceiros por conta de os pais não estarem por perto, entre tantas coisas que poderia citar aqui. Além dos milhares de problemáticas que existem e algumas que citei faz-se necessário entender que tudo se resume ao que damos menos importância ou podemos chamar de “prioridade”.

Claro que na vida tudo tem sua recompensa. Se almejamos um lindo futuro aos nossos filhos precisamos trata-los como prioridade. Atenção, dialogo, carinho, educação, respeito, entre tantas coisas precisamos ser prioridades em nossas vidas. O abraço físico ainda é muito mais importante que os “emotions” virtuais. Nunca a tecnologia deve ultrapassar a interação humana. Nunca se permita priorizar alquilo que não terá importância na sua vida. Mas, lembre-se de tratar as pessoas com respeito e dignidade e dar a importância que merecem, independente de quem seja, pois, isso sim é priorizar a vida e “ser humano”.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CONHECENDO MELHOR A SÍNDROME DA ALIENAÇÃO PARENTAL

O QUE ACONTECE DENTRO DA ESCOLA? Seu filho está seguro?

Os filhos não precisam de Super-heróis, eles precisam de pais verdadeiros!